Muita gente não sabe, mas o Brasil é o segundo país com maior número de casos de crimes cibernéticos, com um total de mais de 62 milhões de pessoas afetadas. Para conscientizar a sociedade envolvida e ajudar as autoridades na repressão a esse tipo de crime, foi firmada uma parceria entre a Faculdade Energia (FEAN) e a Comissão de Direito Digital da OAB/SC.

A primeira ação desta parceria será o Debate sobre Crimes Cibernéticos e Ameaças Digitais, que acontecerá nesta quinta-feira (6), às 19h, no auditório da sede da OAB/SC, em Florianópolis.

O evento é gratuito e contará com a presença de diversos especialistas na área do Direito Digital e Crimes Cibernéticos, como Fernando Peres, que é membro da International Association for Artificial Intelligence and Law e criador do projeto Segurança na Rede. Entre os especialistas convidados para o debate está também o advogado, associado ao escritório Jaime da Veiga, Dr. Felipe Navas Próspero. “É muito provável que o assunto Neymar seja amplamente debatido. As opiniões sobre o caso deverão divergir, no sentido de ele ter cometido ou não crime ao divulgar as imagens da menina”, adianta Dr. Felipe.

Advogados, profissionais de tecnologia e estudantes são o público-alvo do debate, que também estará aberto para pessoas interessadas. Para participar, é necessário cadastrar-se no site (aqui) e doar um quilo de alimento não perecível na entrada do evento.

 

 

Fonte: OAB/SC

Compartilhe:


Deixe seu comentário: