Em tempos de black ofertas, é normal que durante uma compra por impulso o consumidor tenha alguns de seus direitos violados. Para fazer boas compras e garantir excelentes descontos, no entanto, é preciso tomar cuidado para evitar as compras por impulso e as armadilhas da “Black Fraude”. Confira algumas dicas!

1. Direito de arrependimento: O direito de arrependimento é garantido pelo Código de Defesa do Consumidor, em seu artigo 49. Segundo o CDC, sempre que a contratação de fornecimento de produtos e serviços ocorrer fora do estabelecimento comercial, especialmente, por telefone ou a domicílio, o consumidor pode desistir do contrato, no prazo de sete dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço. O mesmo vale para as compras pela internet.

2. Possibilidade de troca: Se o direito de arrependimento permite que o consumidor devolva um produto comprado pela Internet, nas lojas físicas as coisas funcionam de forma diferente. Por esse motivo, é importante ter cuidado com as compras na Black Friday que forem feitas em lojas físicas, já que as lojas não são obrigadas a aceitar devoluções ou trocar produtos. O CDC garante que as lojas não precisam trocar ou devolver, desde que o produto não tenha vícios (defeitos).  Se o produto estiver funcionando perfeitamente, não há obrigatoriedade de retorno ou troca, a não ser que a loja se comprometa a fazer a troca. Diante isso, é importante esclarecer no momento da compra quais se as políticas da loja incluem trocas.

3. Atenção para a compra de produtos com defeito: Antes de efetuar a compra, certifique-se de que seu produto não apresenta vícios ou defeitos. Se ele apresentar, não compre. Apesar de a loja ser obrigada a trocar por uma mercadoria nova, a dor de cabeça para conseguir isso pode não compensar. Pelo CDC, as lojas são obrigadas a trocar um produto com vícios em 30 dias, caso o defeito não impeça o funcionamento da mercadoria; ou imediatamente, caso impeça.

4. Confira os prazos de entrega e o preço do frete: O consumidor deve ficar atento aos preços do frete e aos prazos de entrega. É muito comum que as lojas apliquem altos valores de frete, a fim de diminuir a diferença do desconto concedido sobre o valor dos produtos na oferta, e também podem oferecer prazos de entregas muito amplos. Portanto, para quem tem pressa em receber sua encomenda, é bom atentar-se aos prazos de entrega para não ter dor de cabeça no futuro. Valores abusivos para o frete também podem ser reportados aos órgãos de defesa do consumidor.

 

 

Compartilhe:


Deixe seu comentário: